Detalhes do Blog

Saiba tudo sobre a trombose gestacional

A gravidez é um um momento único na vida de uma mulher. Entretanto, é uma fase bastante delicada e que requer muito cuidado. Desde o início da gestação, o corpo feminino passa por mudanças com o objetivo de estar preparado para o nascimento do bebê. Para que não ocorra riscos durante esse período, o ideal é que os pais tenham um acompanhamento médico e tenham uma atenção redobrada com a saúde e bem-estar da gestante. 

Entretanto, nem todas as gestações são tranquilas. Há diversas complicações que podem vir a ocorrer. Uma delas é a trombose gestacional que se não tratada, de forma correta, pode até causar aborto. Uma forma de tratamento é através do medicamento CLEXANE. Contudo, por mais que não haja restrições por parte da ANVISA, muitas pessoas ainda têm dificuldade em conseguir tal medicação, seja através do plano de saúde ou pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

Por ser um tema de extrema relevância, resolvemos explicar neste artigo:

  • O que é a trombose gestacional e os riscos que pode trazer à gravidez;
  • O que é e como funciona o medicamento Clexane; 
  • Como conseguir a medicação; 
  • Como um advogado especialista pode ajudar acerca do tema. 

            Quer saber mais? Venha aprender conosco! 

A trombose é causada por um coágulo que interrompe o fluxo sanguíneo dentro de um vaso, seja uma veia ou uma artéria. Mulheres, durante a gravidez, estão mais propensas a desenvolver essa condição. Especificamente, a trombose venosa profunda (TVP) que obstrui vasos de áreas como a perna, pélvis ou panturrilha. 

As grávidas têm até 6 vezes mais chances de desenvolverem esta condição do que mulheres que não estão em período gestacional. Os principais sinais são vermelhidão, inchaço, calor no local onde o coágulo, ou trombo, é formado e sensibilidade na parte interna das pernas quando estiver em pé ou andando. 

Uma possível causa da trombose gestacional são as alterações na circulação sanguínea, principalmente nos membros inferiores causadas pelo crescimento do útero. A condição pode ocorrer durante qualquer período da gravidez, incluindo os três primeiros meses e o puerpério (período pós parto). 

Uma trombose, durante a gestação, gera muitos riscos. Ela pode levar ao comprometimento da placenta, uma embolia pulmonar, o que traz perigo tanto à vida da mãe quanto do bebê, podendo acarretar até mesmo em um aborto.

Essa medicação é uma das indicadas para o tratamento da TVP, tendo resultados bastante expressivos. Com aprovação na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Clexane tem permissão de ser comercializado em território nacional. 

Mulheres grávidas com TVP, muitas vezes, o Clexane é prescrito pelo médico para tratar da condição. Entretanto, muitos planos de saúde dificultam ou impedem o pedido de cobertura, tendo resultados extremamente positivos para o tratamento da TVP em gestantes, tais ações, por parte das operadoras, são questionáveis. 

Através de um apoio jurídico competente, que saiba como agir em tais situações, a pessoa vai ter os seus direitos respeitados e assegurados. 

Se o seu plano de saúde ou o SUS está te dificultando a obter o medicamento Clexane ou se negando a custeá-lo, o ideal é buscar um advogado especialista em direito da saúde. 

O apoio jurídico é essencial nessas situações!

Buscar no site

Use esse campo abaixo para procurar no blog o artigo do seu interesse.

Nós ligamos para você

Logo New GR
Guedes e Ramos Sociedade de Advogados é uma Sociedade de Advogados inscrita na OAB/PE sob o nº 3.483 e CNPJ 40.514.793/0001-81.